Bem vindo! Sua interação é importante neste espaço e em nossas vidas. Nosso trabalho não teria tanta relevância sem a ação do Espírito Santo e sem a sua participação. Faça um pouco mais pela causa missionária saindo das quatro paredes. Não limite a sua VISÃO nem o seu campo de atuação ministerial. Escreva-nos, ore, contribua ou divulgue este site. Seja PARTE deste projeto, pois "o nosso campo é o mundo"! Mateus 13.38

Claudemir Silva. Tecnologia do Blogger.

24 de nov de 2015

Se VOCÊS Quiserem Eu Lhes Dou".

A Bíblia diz que as crianças são o fruto do ventre, um galardão de Deus para os pais. Mas, há quem não veja e nem conceba desta forma por desconhecer a perspectiva do Criador sobre um casal. Biblicamente os filhos são prolongamento de seus genitores, mas lamentavelmente em muitos corações africanos os filhos são apenas mais um na casa, assim como o gato, as galinhas e os cachorros, tamanha é a ausência de afeto e cuidados que estes pequenos não recebem. 

Por sermos estrangeiros já nos ocorreu quatro episódios de pais quererem doar seus filhos, sem contar os casos de crianças que se ofereceram para vir morar conosco. Uma irmã  da igreja chegou a pedir permissão ao seu irmão mais velho para doar o seu filho, pensando que aceitaríamos, mas para desagrado dela dissemos não, e tempos depois não a vimos mais na nossa igreja. Outra situação, o pai de um dos garotos do Garçons d'Or disse: "Como trabalho na capital eu gostaria de deixar o meu filho sobre os teus cuidados e você pode fazer o que quiser dele". Estávamos num vilarejo e o pai de um garoto soltou: "Se você quiser ele para ti eu te dou e você pode levá-lo para o Brasil". Recentemente uma jovem teve filho, o pai da criança não lhe assumiu como mulher e a moça falou: "Se vocês quiserem eu lhes dou". 

Num primeiro instante estas condutas nos fazem concluir que o desespero é que é responsável por tais condutas, mas isto não é verídico. Existirá a ignorância no controle da natalidade, mas também há o fator da irresponsabilidade, do descaso, do desamor e do oportunismo em desejarem se livrar daqueles que não pediram para nascer e nós em todas as ocasiões fomos contundentes lançando sobre eles a devida responsabilidade acrescendo aos mesmos que eles deveriam pensar com outra cabeça antes de conceberem os seus filhos.  

Estávamos num hospital visitando uma conhecida e nisto brincamos com ela dizendo para fechar a fábrica, pois quatro já é o bastante e nisto um senhor muçulmano nos ouviu e quis nos contrariar argumentando, "mas porque isso, eu tive dez"! Nisto lhe retruquei: "Bem se for para ter dez e cuidar deles parabéns, agora se é para abandoná-los na rua isto é uma vergonha. Pensar com a cabeça debaixo é fácil, o negócio é ter compromisso na criação, não lançando apenas sobre a mulher ou sobre os outros o dever que é do casal. Após minha fala, este senhor se calou, fechou a cara e não falou mais nada. Infelizmente em Burkina não são apenas os GARIBOUS que sofrem, mas muitos filhos que não sabem o que é amor e cuidado dos pais.



Comentários:

Postar um comentário

Template Rounders modificado por ::Blogger'SPhera::
| 2008 |