Bem vindo! Sua interação é importante neste espaço e em nossas vidas. Nosso trabalho não teria tanta relevância sem a ação do Espírito Santo e sem a sua participação. Faça um pouco mais pela causa missionária saindo das quatro paredes. Não limite a sua VISÃO nem o seu campo de atuação ministerial. Escreva-nos, ore, contribua ou divulgue este site. Seja PARTE deste projeto, pois "o nosso campo é o mundo"! Mateus 13.38

Claudemir Silva. Tecnologia do Blogger.

11 de jun de 2012

A Tradição Oral na Cultura Burkinabe

A cultura burkinabe é essencialmente fundamentada pela tradição oral. Ela é transmitida de boca a orelha, de pai para filho, de geração para geração com afirma o povo. Encontrar literatura que trate da cultura é algo bem difícil, logo o país sustentar seus contos, tradições e ensinos de uma forma em geral meio da música e principal da transmissão oral.

A S.N.C. em Bobo Dioulasso

A Semana Nacional da Cultura, sigla SNC, é dos eventos culturais mais importantes realizados em Burkina Faso. A cada dois a cidade de Bobo Dioulasso abre as portas para que todas as ethnias nacionais se encontrem e expressem seus respectivos valores e costumes culturais. É neste evento que o povo tem uma mostra do impressionante potencial artístico do país. 

 

A Comemoração das Atividades Culturais

Em todas as atividades culturais as comemorações serão sempre acompanhadas de muita música e dança, antes, durante ou depois das atividades. Sejam em eventos agrícolas, cerimônias tradicionais ou religiosas, tais como nascimentos, mortes, iniciações, inclusões de líderes tradicionais, etc.      




As Atividades Culturais em Burkina

Burkina é carinhosamente chamada no mundo artístico de "encruzilhada cultural" da África por causa dos eventos culturais artísticos que se organizam no país. Estas ações culturais quase sempre são realizadas por meio de estruturas públicas ou privadas. A maioria dessas atividades culturais ocorre quase que diariamente em suas 8000 aldeias espaladas em todo país.


Eu Sirvo aos Espíritos Desde Criança

Visitando a irmã Ramata, uma velhinha veio em nossa direção improvisando uma canção na lingua MOORE como forma de nos dar boas vindas. Após os cumprimentos, esta senhora dizia que estava feliz porque ninguém poderia tocar na sua nora e ela se sentir bem se não fosse de paz. Alegres pelo que ouvimos, nos frustamos em seguida, pois ela afirmou que foi avisada pelos espíritos que chegaria estrangeiros no seu quintal. Depois que nos descontraimos passamos a lhe fazer perguntas sobre salvação, etc... e como resposta ouvimos: “eu não sei ler, sirvo aos espíritos desde criança e não recebi autorização para falar sobre isto”! Sem insistir, paramos o díalogo e oramos pela velhinha. 

Ao final da oração, ela contou-nos que sentiu medo e que seu corpo gelou, mas depois que invocou Allá ela se sentiu melhor. Na despedida, esta senhora reinterou que como somos pessoas de paz podemos voltar no seu lar.No caminho para casa, a irmã Palle comemorou a deixa da vovózinha dizendo que em março esta mulher proibiu a reunião das irmães no quintal da sua casa porque esta foi a ordem dos espíritos para ela. Como desta vez esta velhinha mudou sua posição, então diante desta abertura desejamos voltar para ganha-lá para Jesus. Orem por este desafio!

Eu Batia na Porta, Mais a Porta Não se Abria

Rafael é um rapaz de família muçulmana que também faz parte da Escolinha Meninos de Ouro. Ao conversarmos sobre vários assuntos perguntei se ele sonhava e nisto não imaginava que ouviría ele me dizer que tinha tido um sonho comigo justamente na noite anterior! Depois de explorarmos o tema sonho e ouvir suas experiências, este jovem caíu em si como quem tivesse cometido uma falta perante a mim e me disse:   
“Treinador estou me lembrando agora; na noite anterior sonhei com alguém me chamando e apontando em sua direção me exortando a ir na célula de oração, porém eu recusava e depois noutra cena eu decidia vim à célula e quando chegava na sua casa a porta estava fechada e eu batia na porta te chamando, mais a porta não se abria”! 

Espantando, expliquei para Rafael que o Deus da Bíblia quer lhe salvar enquanto a porta da salvação estar aberta, mas que a condição é abandonar o mundo e  escolher Jesus. Após me ouvir, ele me disse que tomaria esta decisão. Não o convidei à receber Jesus, pois ele já havia feito isto em outras ocasiões na célula. Passado 2 meses Rafael me procurou dizendo que tinha ido voluntariamente no culto da juventude e que decidiu se entregar em definitivo à Cristo. Orem por este rapaz.

O Riz Gras - Prato Típico Burkinabe

Este é o Riz gras ou Riz au gras (as duas pronuncias são corretas), um dos pratos tradicionais que fazem parte da culinária burkinabe, contudo sua origem é senegalesa. No Senegal tradicionalmente este arroz se come com peixe, em Burkina culturalmente é comido com a carne de cabrito, bode ou ovelha. É uma delicia o modo de preparo do arroz africano. Eu recomendo!


A Cultura de Tomar Chá em Burkina

Em Burkina é costume grupos de pessoas se assentarem para tomar chá. Dependendo da atividade, alguns trabalharão ingerindo a bebida durante todo dia.  
 
 Tradicionalmente esta bebida é servido em copos bem pequeno tendo como aperitivo o amendoim. Há toda uma técnica no preparo deste chá. 
Aspectos como tempo de fervura, gosto desejado até a quantidade de espuma são considerados. É um chá como outro qualquer, mas tem seu toque cultural.
Vale a pena apreciar. 

Template Rounders modificado por ::Blogger'SPhera::
| 2008 |